3 de fevereiro de 2009

'Diário Oficial' publica reajuste do seguro-desemprego nesta segunda-feira

O reajuste é de 12,048% e o valor médio do benefício, de R$ 564,40. Cada faixa salarial terá valor básico diferente; máximo é de R$ 870,01.

O "Diário Oficial da União" publicou na edição desta segunda-feira (2) a norma do Ministério do Trabalho que determina o reajuste do seguro-desemprego. O reajuste é de 12,048% e o valor médio do benefício, de R$ 564,40.

De acordo com a Resolução n.º 587, cada faixa salarial terá um valor básico diferenciado. As faixas são para trabalhadores com salário até R$ 767,60, para média salarial entre R$ R$ 767,61 e R$ 1.279,46, e para salários acima de R$ 1.279,46. O valor mínimo da parcela do benefício corresponde ao novo salário mínimo, de R$ 465,00 e o máximo é de R$ 870,01.
Na sexta-feira (30), o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, anunciou o aumento do salário mínimo, que passa de R$ 415 para um valor médio de R$ 465 a partir de 1º de fevereiro.

Lupi também anunciou na sexta aumentos do seguro-desemprego e do abono salarial. O valor médio do seguro passa de R$ 564, 40 para R$ 632,40. Já o do abono, será o mesmo valor do salário mínimo, R$ 465. O ministro aposta que os reajustes dos dois benefícios também poderão contribuir para aquecimento do mercado. O ministro anunciou ainda que sua equipe está desenvolvendo um estudo para propor o seguro-emprego para os trabalhadores. Embora sem detalhar o projeto, ele afirmou que o seguro-desemprego permanecerá. “Será um benefício com foco na garantia da empregabilidade no país”, disse. “Isso vai causar um grande efeito na economia porque é um fator forte de aquecimento para o mercado consumidor”, disse Lupi, em entrevista coletiva no Rio de Janeiro.
Postar um comentário
Copyright © 2010 Revista Virtual All rights reserved.
Wp Theme by RaphaelAlves. Blogger Template by Ph