3 de fevereiro de 2009

Reator limpa água da indústria petroquímica por um décimo do custo

Pesquisadores europeus desenvolveram um sistema de tratamento de águas industriais, poluídas pela indústria petroquímica, que elimina os componentes tóxicos e gera uma água ambientalmente benigna por um décimo do custo dos processos atuais.

Água contaminada pela indústria petroquímica

A água poluída em navios-tanque, refinaria de petróleo e em toda a cadeia da indústria petroquímica, é fortemente contaminada com compostos químicos altamente tóxicos. Apesar da legislação cada vez mais restritiva no mundo todo, essa água continua sendo despejada nos rios e no mar sem um tratamento eficiente o bastante.

Se o lançamento dessas águas contaminadas na natureza se devia ao elevado custo de seu tratamento, a questão agora poderá ser resolvida, graças ao trabalho da equipe do professor Viktoras Racys, da Universidade de Tecnologia Kaunas, na Lituânia.

Eles desenvolverão o tratamento usando três processos em um único equipamento, o reator, usaram absorção, biodegradação e filtração. Os poluentes são degradados por microorganismos criados no interior do reator.

Resultados inacreditáveis

Ele funciona maravilhosamente. Ele tem uma alta capacidade, processando 160 metros cúbicos por hora. O custo é de 1 euro para cada 3,5 litros. Efetivamente, ele é de 10 a 20 vezes melhor do que qualquer outra opção disponível.
Agora os pesquisadores esperam contar com parceiros da indústria para passar da escala de laboratório para a escala industrial, desenvolvendo um reator que possa lidar com as grandes quantidades de água poluída liberadas pelas grandes empresas petroquímicas.
Postar um comentário
Copyright © 2010 Revista Virtual All rights reserved.
Wp Theme by RaphaelAlves. Blogger Template by Ph