13 de janeiro de 2010

Ataque às articulações

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 30% das pessoas sofrem com dores crônicas, entre elas as provocadas por doenças que acometem as articulações, como tendinites e bursites. Muitas vezes resultantes de posturas inadequadas e esforços repetitivos, realizados
principalmente durante o trabalho, essas enfermidades fazem parte dos grupos de Lesão por Esforço Repetitivo (LER) ou Distúrbio Osteomuscular Relacionado ao Trabalho (DORT) e estão entre as principais causas de falta no trabalho. “Uma dor permanente pode ser sinal do uso excessivo da musculatura e da articulação, que pode provocar tendinite ou bursite, causadas também por fatores genéticos ou por outras
doenças como artrite (alteração inflamatória na articulação). Por isso, as empresas deveriam investir na prevenção dos funcionários”, diz Carlos Maurício de Castro Costa, presidente da Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor.Tendinite e bursite manifestam-se ao redor de músculos e ossos e, geralmente, durante a noite. A bursite normalmente ocorre nos ombros e é causada pela inflamação da bursa, pequeno saco cheio de fluido presente nas articulações. Já a tendinite é decorrente da inflamação ou irritação de tendões, provocada por movimentos forçados, e ocorre em mãos, punhos, joelhos e tornozelos.

“O simples ato de lavar roupa de forma inadequada, por exemplo, pode não causar tendinite em um primeiro momento. Esse gesto repetido durante 40 anos, porém, poderá sobrecarregar determinados tendões dos ombros. Por isso, o ideal é respeitar os limites do próprio corpo e tomar cuidado com
articulações e músculos”, alerta a médica Sônia Maria Alvarenga Anti, membro da Comissão de Artrite Reumatóide da Sociedade Brasileira de Reumatologia.
Segundo ela, quem pratica exercícios deve sempre realizar alongamentos antes e depois da atividade física. “E quem trabalha com digitação ou atendendo telefone deve usar aparelhos ergonômicos e fazer vários intervalos”, completa Sônia.
Vale lembrar que, se a dor não passar, é importante consultar um reumatologista ou ortopedista para obter o tratamento adequado, com anti-inflamatórios ou, se necessário, com cirurgias reparadoras.

CUIDE-SE
Faça paradas frequentes ao realizar atividades repetitivas, como digitar.

Mantenha boa postura corporal no trabalho e durante a realização de atividades diárias.

Faça aquecimento e alongamento antes de exercícios físicos.

Fortaleça a musculatura ao redor das articulações.

Comece a praticar novos exercícios físicos e aumente o esforço gradualmente.
Postar um comentário
Copyright © 2010 Revista Virtual All rights reserved.
Wp Theme by RaphaelAlves. Blogger Template by Ph