19 de outubro de 2009

Hubble flagra fusão de galáxias


O que parece ser uma galáxia de forma bizarra é, na verdade, uma imagem de duas galáxias que estão se juntando.


O telescópio especial Hubble flagrou o objeto chamado de NGC 2623, ou Arp 243, a cerca de 250 milhões de anos-luz, na constelação de Câncer.

Estudos mostram que, conforme as galáxias se aproximam, quantidades grandes de gás são puxadas de uma em direção ao centro da outra, até que as duas acabam se juntando em uma só galáxia gigante.

O objeto fotografado está em seu último estágio de junção, já que os dois centros originais se uniram em um só núcleo. Se estendendo para fora da galáxia, duas caudas de jovens estrelas também são prova de que uma fusão aconteceu já que, durante uma colisão como essa, há grande troca de massa e gases que resultam na formação de estrelas.

Só na cauda proeminente abaixo foram encontradas 100 jovens estrelas durante a observação.
Postar um comentário
Copyright © 2010 Revista Virtual All rights reserved.
Wp Theme by RaphaelAlves. Blogger Template by Ph