3 de agosto de 2009

MS abre 20 mil linhas de códigos para Linux

A Microsoft anunciou nesta terça-feira, 21/07, nos Estados Unidos, que deve disponibilizar 20 mil linhas de códigos de drivers para a utilização no núcleo (kernel) do Linux. Os drivers são programas que permitem a plataforma fazer uso de certos dispositivos. Entre os motivos da nova iniciativa, estão benefícios aos clientes MS e a crise econômica.

Os drivers permitirão que sejam feitas distribuições do sistema operacional aberto de forma virtual em servidores com sistema Windows e Hyper-V. A licença na qual os códigos serão oferecidos, a GPLv2 (general public license version 2), viabiliza o livre uso do software, o acesso ao seu código fonte, além de tornar obrigatória a abertura de códigos de qualquer versão feita a partir de um sistema com este tipo de licença.

A empresa diz que o projeto não só deixará o Windows mais aberto, como também melhora a oferta de ferramentas para gerenciamento e suporte de ambientes virtualizados. A Microsoft também frisou a relação com o Linux, afirmando que as duas comunidades estão caminhando juntas e que isso é um benefício para os clientes. “Nossa estratégia é melhorar a interoperabilidade entre nossas plataformas e quantas tecnologias abertas nossos clientes desejam usar, o que inclui o Linux”, disse o diretor para estratégias de plataformas da Microsoft, Sam Ramji.


A crise econômica também foi lembrada por Ramji, que diz que a Microsoft está sendo procurada por empresas que estão tentando criar tecnologias mais heterogêneas e que sabe que simplificar é reduzir custos. “Nós entendemos que reduzir a complexidade é reduzir custos. A interoperabilidade ajuda no crescimento dos negócios”, lembra o diretor.
Postar um comentário
Copyright © 2010 Revista Virtual All rights reserved.
Wp Theme by RaphaelAlves. Blogger Template by Ph