29 de maio de 2009

Como obter economia em sistemas computacionais?

Em tempos de crise mundial, que obriga as organizações a tomarem atitudes drásticas de redução de custos, a saída é economizar sem perder os ganhos. Pensando no gerenciamento das operações de TI (Tecnologia da Informação) e diante do cenário atual, as soluções de virtualização de aplicações facilitam e permitem que as empresas diminuam seus gastos com infra-estrutura de TI.

O modelo Served Based Computing, por exemplo, permite que cerca de quatro usuários possam utilizar seus equipamentos de forma distinta, porém com o servidor compartilhado. Para o usuário não muda nada, já para a empresa, a redução é perceptível em curto prazo.

E quando falamos em TI, a maioria das organizações têm a crescente necessidade de novas aplicações. Por isso, é importante que no momento de escolha de uma solução de computação baseada em servidor (Served Based Computing) a mesma arquitetura permita que a infra-estrutura de TI existente seja mantida, enquanto novos processos possam ser introduzidos gradualmente nas empresas.

Outros benefícios organizacionais da virtualização de soluções é a melhora percebida pelos usuários com a redução dos níveis de vulnerabilidade, além da simplificação de mudanças para o gestor com auditoria, governança de TI, menor custo de implantação de laboratórios de informática, como também em aquisições de novas estações, substituindo os PC’s tradicionais por terminais thinclients, que além do menor custo, consomem cerca de 83% menos de energia.

Com isso, as empresas passam a ter seu ambiente gerenciado e com mais segurança, o que permite publicar as aplicações em um ambiente mínimo, num conceito conhecido como "quiosque", no qual são aplicadas técnicas de segurança com a finalidade de inibir o impacto da utilização inadequada do sistema por parte dos usuários, evitando indisponibilidade dos terminais e reduzindo incidentes que requerem interferência de suporte técnico.

O processo de autenticação do Served Based Computing é flexível e simplificada, possibilitando a total integração ao ambiente disponível na rede, tornando a autenticação dos usuários automatizada. Com base nos terminais de acesso, o sistema não requer interação do usuário. Basta ligar e usar.

E as vantagens não param por aí. A partir do momento em que todos os usuários executam os programas no servidor central, não há a necessidade da instalação e atualização de software nas estações de trabalho. Todo o suporte técnico e a administração do sistema estão limitados ao servidor central, o que diminui o custo para as empresas, especialmente as que possuem estrutura física em várias regiões, cidades, Estados ou países.

Isso propicia uma imensa flexibilidade para adaptar o ambiente de publicação com as necessidades da empresa. Trata-se de mais um avanço da virtualização, que vem ocupando espaços importantes nos ambientes corporativos oferecendo estratégias de crescimento com menos investimento e mais rapidez.
Postar um comentário
Copyright © 2010 Revista Virtual All rights reserved.
Wp Theme by RaphaelAlves. Blogger Template by Ph