5 de março de 2009

Asteroide passa de raspão pela Terra



Astrônomos revelaram nesta terça-feira que um asteroide do tamanho de um prédio de dez andares passou muito perto da Terra na manhã de segunda-feira, revela matéria publicada na edição desta quarta-feira do jornal O Globo. A colisão de um corpo celeste desse porte, afirmaram, teria um impacto semelhante ao de mil bombas atômicas similares à lançada sobre Hiroshima.

Foi um susto inicial bem grande encontrar um objeto assim tão próximo - afirmou Thais Mothé Diniz, astrônoma do Observatório do Valongo, da UFRJ, especialista no estudo de pequenos corpos do sistema solar. - O impacto de um objeto desses causaria estrago.

Chamado de 2009DD45, o objeto teria de 21 a 47 metros e passou a 72 mil quilômetros do planeta - quase nada em termos astronômicos: um quinto da distância entre a Terra e a Lua ou o dobro da altitude dos satélites georreferenciados em órbita .

De acordo com astrônomos, apesar da proximidade, o risco real de colisão foi logo descartado. Mas a ameaça de um futuro impacto ainda é desconhecida.
O asteroide teria aproximadamente o mesmo tamanho do que colidiu com a Terra em 1908, causando uma catastrófica destruição na Sibéria.
Embora tenha passado tão perto da Terra, o asteroide só foi detectado no sábado, por especialistas do Siding Spring Survey, um programa australiano de busca por objetos em rota de colisão com o planeta. Sua presença foi confirmada pela União Astronômica Internacional (IAU), mais precisamente pelo departamento responsável por catalogar objetos do Sistema Solar.
Postar um comentário
Copyright © 2010 Revista Virtual All rights reserved.
Wp Theme by RaphaelAlves. Blogger Template by Ph