28 de janeiro de 2009

Telefones 4G ganham mercado japonês em 2010

É fato que o celular virou um instrumento de primeira necessidade; é com ele que muita gente se conecta com o mundo não só através da voz, mas também por meio do tráfego de dados.

Com a terceira geração dos aparelhos móveis, a chamada 3G, é possível acessar internet em alta velocidade e fazer uma infinidade de coisas com mais agilidade. No entanto, em breve a terceira geração já começará a ser deixada para trás. O Ministério dos Assuntos Internos e Comunicações do Japão anunciou que em breve estará aceitando pedidos de operadoras para uma avaliação das tecnologias e dos sistemas para licenciar o 4G.

De acordo com informações do site TechRadar, as licenças de espectro 4G no Japão serão disputadas pelas empresas NTT DoCoMo, KDDI, Softbank e Emobile. As companhias que forem escolhidas (o resultado sai em junho) deverão começar a vender telefones 4G com download em velocidades multi-megabit já no próximo ano.

Tecnologia 4G

Em dezembro de 2005, a Telecom Italia colocou a 4G no foco da grande imprensa, ao anunciar um acordo com a Samsung para testar novos telefones celulares 4G.

Antes esperada apenas para o ano de 2020, a 4G, incentivada pela indústria e em testes em alguns países, deve decolar em breve. Uma das principais incentivadoras deve ser a chegada da tecnologia LTE (de Long Term Evolution, um padrão que deve competir com o WiMax).

Mas o que é isso? De modo simples, pode-se dizer que são conexões muito rápidas que permitirão a execução de qualquer tipo de serviço, o download de quaisquer tipos de arquivos até então considerados pesados demais, como um filme inteiro.

A 4G pode quadruplicar a velocidade da 3G usada na Europa atualmente (downloads de até 30 Megabits por segundo), chegando a mais de 120 megabits por segundo.


Postar um comentário
Copyright © 2010 Revista Virtual All rights reserved.
Wp Theme by RaphaelAlves. Blogger Template by Ph