3 de setembro de 2010

Descubra quem copiou o Seu Blog

Como saber quem copiou meu blog?
Como saber se o conteúdo do seu blog está sendo copiado?
Como o Plágio pode lhe Prejudicar?
O que posso fazer para evitar a cópia?
O que devo fazer se eu for Plágiado?
O que é kibador?O que é kibar?


"kibar" a origem e o sentido da gíria, são conhecidos pelo "kibadores", está nas mais odiadas da blogosfera(WEB 2.0).Essa nova palavra do vocabulário dos internautas que tem ligação com o blog Kibeloco.com.br,
Ele costuma copiar tudo, sem dar os devidos créditos, dai o nome.Não se refere ao alimento, mas a uma prática de Kibar.
 "Kibar" é o mesmo que "plagiar", copiar ilegalmente algo de terceiros e usar como criação própria. Mesmo quando citam a fonte, sua origem é duvidosa ou até inverídica. O "kibador" é treinado nas técnicas do "Ctrl+C / Ctrl+V" e usa sempre a falácia de querer divulgar o que achou de melhor (e dos outros) na internet.
A prática de Kibar é bem comum entre os blogueiros(por qualquer blogueiro sério), mas uma prática detestavel e abominadora é não citar a Fonte.

Para este artigo, estou englobando como “plágio” todas as formas de cópia de conteúdo sem o conhecimento e autorização do autor original. Em minha visão, há níveis diferentes em que isso pode ser feito e suas conseqüências para o autor do artigo original.
1. Cópia de pequena parte do artigo, com citação da fonte: Este é o caso mais ameno e, até certo ponto, benéfico para o autor. É copiado apenas um trecho do artigo – normalmente o início – seguido pelo link do conteúdo original para que a pessoa leia mais sobre o assunto. É similar ao que acontece nos agregadores de notícias e redes sociais. Digo que isso é bom porque o blog original receberá as visitas vindas daquele site. Além disso, é um link adicional para o seu artigo, o que é benéfico para fins de otimização.
2. Cópia do artigo todo, com citação da fonte: Este é o caso intermediário. Há prós e contras. Os prós são os mesmos citados acima: você ganha um link e quem lê o artigo copiado pode se interessar e visitar o seu blog. Mas, este segundo efeito é minimizado, porque a pessoa já leu o artigo completo na cópia.
O pior vem em termos das ferramentas de busca: o Google detesta textos duplicados. Quando alguém faz uma busca que levaria a uma dessas páginas, ele normalmente mostra a mensagem “Para mostrar os resultados mais relevantes, omitimos algumas entradas bastante semelhantes”. O usuário só conseguirá ver todos os resultados se clicar num link abaixo da mensagem. O problema é que o Google não é inteligente o bastante para sempre acertar qual é o artigo original. Então, pode acontecer do seu artigo não ser mostrado na busca. A conseqüência disso é a queda de suas visitas vindas do Google. Em casos extremos, você pode até ser penalizado e removido temporária ou permanentemente dos índices do Google, o que é gravíssimo para seu trabalho.
3. Cópia do artigo todo, sem citação da fonte: Este é o pior caso de todos. Seu artigo é copiado em sua totalidade e seu nome ou o do seu blog não são citados. Quem lê a cópia, é levado a acreditar que o plagiador é o autor do artigo, e não você. E você não tem benefício algum nesse caso, além de sofrer as graves conseqüências do texto duplicado, citado acima.
Um caso à parte são as citações para outros artigos. Isso é o que fiz acima com os artigos do Marcos e da Nospheratt: trata-se apenas de um link para o artigo, sem copiar o conteúdo deles. Isso é benéfico para todos: você indica ao seu leitor onde se aprofundar sobre o assunto e o blog original recebe mais visitas.

Plágiadores – Descubra quem são e aprenda a se defender

Como Descobrir se eu estou sendo plagiado?
Existem várias maneiras de descobrir se você está sendo plagiado. Confira a lista que fiz:
Todos
1- Google: ele é o melhor para essa tarefa, procurou, achou. É indiscutivel, ele é o melhor!
2- Copyscape: muito eficiente, mas não acha todos os plagiadores 100%. Funciona como o Google, um motor de busca, só que o Copyscape busca posts e conteúdos repetidos na Web inteira. Você insere a sua URL e ele procura.
3- Plagium: é parecido com o Copyscape, a diferença é que no Plagium você deve colocar o(s) post(s) que você quer procurar.
4- Tynt: não é muito eficiente. Você pega um código que ele gera, cola em seu site/blog e a partir dai ele começa a monitorar quem está copiando seu conteúdo. Ah é… Quando o plágiador copia o post/conteúdo no final do conteúdo aparece: Leia Mais: http://osabetudo.com/url-do-local-que-ele copiou/
Lei mais sobre o Tynt aqui>>
Para Blogger
1- Notificação de Violação do Blogger: este é um formulário, onde você vai preencher, o Blogger vai verificar a denúncia e se contatar que houve violação ao DMCA(Lei de Direitos Autorais do Milênio Digital), o Blogger irá excluir todos os posts que o plagiador copiou.

Como o Plágio pode lhe Prejudicar?

Primeiro que ninguém gosta de ser plagiado, e isso pode acabar lhe deixando triste, chateado, etc, fazendo com que você desista de seu site/blog.
Imagina se isso acontece com os criadores do Google (é melhor nem imaginar) …
Segundo que os motores de busca estão a cada hora indexando cada vez mas páginas em seus resultados, se os buscadores indexarem primeiro o conteúdo do plagiador e depois o seu, eles irão pensar que foi você quem plagiou, e assim irão te penalizar.
Alguns motores sabem/descobrem quem é o autor original do conteúdo, mas infelizmente a gigante das buscas, o Google, não faz essa tarefa.
O que devo fazer se eu for Plágiado?
1- Ao achar quem é o plagiador, o melhor a fazer é contactá-lo e pedir para apagar o conteúdo copiado.

2- Peça para que outras pessoas reclamem com o plagiador, ele se sentirá humilhado (mas vai com calma).

3- Faça posts falando sobre o Plágio, o que você acha sobre os plagiadores e muito mais, expresse o que realmente você acha sobre eles (plagiadores). Quando o plagiador ver aquele post, quem sabe ele exclui os posts que copiou.

4- Se tudo que você tentar não der certo, contate seu advogado, mas isso como último caso.

O que posso fazer para evitar a cópia?
  1. Há algumas dicas para você evitar ou minimizar a probabilidade de cópia, ou pelo menos abrandar os efeitos negativos:
  2. Ao longo de seu artigo, faça citações do nome de seu blog. Caso seu artigo seja copiado na íntegra, o nome de seu blog irá no texto. Normalmente, o plagiador copia seu texto sem nem sequer lê-lo por completo.
  3. Coloque sempre em seu texto links para outros artigos de seu blog. Da mesma forma que o item anterior, isso fará com que o leitor identifique tratar-se de um artigo copiado. Além disso, poderá trazer os visitantes da cópia para o seu blog.
  4. Impedir as cópias já publicamos diversos códigos, para ajudar a proteger seus textos e imagens contra as cópias:

Proteger imagens
Impedir seleção do texto
Bloquear o botão direito do mouse
Bloquear o teclado
Postar um comentário
Copyright © 2010 Revista Virtual All rights reserved.
Wp Theme by RaphaelAlves. Blogger Template by Ph