11 de junho de 2009

Imagens em HD 720p e 1080p


1 = 480i

2 = 480p

3 = 720p

4 = 1080p



“Se você já tem uma TV de 42” de plasma ou LCD, com resolução 720p e agora deseja colocar um player de blu-ray, acha que para isso terá que substituir sua TV por uma com imagem 1080p/full-hd.
Espere, não se preocupe. A diferença em um filme de mídia azul em TVs 720p e 1080p a dois metros de distancia é imperceptível não existe quem diga que a uma diferença notável entre as duas imagens.
imagens com aplicação de zoom 2x
(Por experiência própria, uso no meu quarto uma plasma de 42”Panasonic que não é full-hd, e na sala uma LCD LG 1080p/full-hd. Entre todos meus amigos que observam ambas as imagens, dizem que a diferença entre a TV do meu quarto que usa DVD Pioneer modelo dv411 com up-scaling para 1080p e na sala com blu-ray os detalhes são mínimos. Podemos observar que a enorme diferença fica quando ligo o PC na TV ai sim a diferença aparece. A imagem fica incomparável. Também a outra diferença nos filmes que estão na hora do pause e se você aplicar zoom no filme em movimento, na TV full-hd a diferença é que o blu-ray com zoom de 16x a imagem ainda fica muito nítida e na TV 720p o zoom Maximo é 2x com significativa perca de imagem)


  • Procure pessoas que já montaram home-cinema. Veja o que elas relatam sobre suas experiências. A internet está aí para isso. Mas procure pessoas que realmente compraram e constataram o funcionamento dos dois tipos.
  • Pergunte tudo: é obrigação do vendedor saber tudo o que o produto oferece.
  • Faça um checklist: pense naquilo que você realmente precisa. Sua intenção é ver jogos de futebol e o Caminho das Indias como o Rafa ? Jogar vídeo games e assistir a filmes em DVD, Blu-ray?
  • Pesquise: cuidado com o excesso de animação na hora de comprar sua televisão. A loja ao lado pode oferecer um descontão no mesmo produto, ou mesmo uma condição de pagamento melhor do que a que você está.
  • Busque lojas especializadas: se você pretende gastar muito, vale a pena procurar lojas só de eletrônicos, pois elas possuem funcionários mais preparados para explicar tudo o que você precisa saber para não errar.

Confusão de nomenclaturas
Do tubo de imagem à alta definição. Veja abaixo os nomes das tecnologias existentes hoje no mercado.

CRT – Sigla de “Cathode-ray tube”, ou “tubo de raios catódicos”. Esse era o tipo padrão de televisores e monitores antes do surgimento das novas tecnologias. No Brasil, os usuários de TVs e monitores de CRT ainda são maioria, mas isso tem mudado diariamente, com a popularização do Plasma e do LCD. O formato da tela tem a proporção 4:3 (4 de largura por 3 de altura).

LCD – “Liquid Crystal Display” (tela de cristal líquido). Esse tipo de tecnologia já é utilizado há vários anos em produtos eletrônicos. Posteriormente foi aplicada aos monitores de computador, que foram uma revolução, pois eles só têm vantagens em relação ao CRT.

TFT – “Thin-film Transistor” (transistor de película fina). É uma evolução do LCD. Os monitores com essa tecnologia também são chamados de “LCDs de Matriz Ativa” e são especialmente usados em Notebooks. Sua principal diferença técnica em relação ao LCD normal é que o TFT possui um transistor para cada pixel da tela, o que o torna mais versáteis e proporcionam maior qualidade de imagem. O seu tempo de resposta também é mais rápido em relação ao LCD comum.

Plasma – A tela de plasma é composta por várias células minúsculas que contêm uma mistura inerte de gases nobres. As células ficam alocadas no meio de dois painéis de vidro. O gás dentro das células é eletricamente transformado em plasma, que excita o fósforo e, por conseqüência, emite luz.

HD – “High definition” ou “alta definição”. A tecnologia HD permite a criação e exibição de imagens com qualidade várias vezes superior à das televisões CRT, em telas muito maiores.

Full HD – Termo comercial para designar os televisores que suportam a resolução máxima disponível no mercado. Atualmente a resolução máxima é de 1080 linhas.

HDMI – “High-Definition Multimedia Interface” ou “Interface multimídia de alta definição”. Cabo utilizado para transmitir o sinal digital para a sua televisão. Trata-se da melhor maneira de conectar dispositivos que transmitam imagens em alta definição.



Bom amigos com esté post falamos mais sobre diferenças visiveis e não teóricas, para isso inserimos essa tabela comparativa com as difereças teóricas.

Postar um comentário
Copyright © 2010 Revista Virtual All rights reserved.
Wp Theme by RaphaelAlves. Blogger Template by Ph