3 de fevereiro de 2009

Conheça todas as Marcas de Veículos- (Carros)

Basta observar os carros nas ruas para notar a de marcas que existem no mercado automotivo. Tem para todos os gostos. Cada uma delas ostenta um símbolo bonito, um nome atraente, algumas chegam a conquistar, além de consumidores, muitos admiradores e fãs. Nesse universo de marcas há criatividade e um pouco de história. Você sabe o significado da marca que mais o agrada? Ou então sua origem? Nesta coluna o Raphaelzinho Alves aborda o que representam esses símbolos. Como a lista é extensa separamos em duas matérias.




O nome da marca de origem italiana, fundada em 1910, é a combinação da sigla A.L.F.A (Anonima Lombarda Fabbrica Automobili) complementada com o apelido do engenheiro Nicola Romeo, que assumiu a direção da empresa em 1916 e converteu a empresa numa fábrica bélica para atender as necessidades da Itália e dos aliados durante a 1 Guerra Mundial. O símbolo conquistou fãs em todo o mundo. Nele está estampado a bandeira com a cruz vermelha, que nada mais é que o brasão de Milão, na Itália. A serpente com o homem completa o desenho e representa a família real milanesa.

Audi
As quatro argolas entrelaçadas representam cada uma das marcas alemãs que se juntaram para a criação da Auto Union. Essas empresas são: Horch, Audi, Wanderer e DKW. Umas da empresas que já se chamava Audi, que significa o sobrenome de August Horch em latim. A fundação da empresa ocorreu em 1947, mas em 1º de janeiro de 1985 a Auto Union passou a chamar-se Audi AG, com sede na Alemanha.


A sigla é a abreviatura de Fábrica de Motores da Baviera (Bayerische Motoren Werke). A marca foi criada em 1917 na Alemanha para produzir motores de avião e seus criadores foram os irmãos Karl Rath e Gustav Otto. Antes de produzir carros produziram motos. O símbolo representa uma hélice de avião a girar juntamente com o símbolo da Baviera. O primeiro carro a ter o símbolo estampado na carroceria foi em 1928.
Bugatti A marca sempre foi ligada em competições desde que foi fundada por Ettore Bugatti em 1909, em Molsheim, na França. A empresa chegou a ser transferida para Modena, na Itália em 1991, mas em 1998 a marca foi adquirida pela Volkswagen, a qual pertence atualmente.

Buick

A marca iniciou suas atividades como um fabricante independente de carros. Criada em 1903 pelo americano David Dunbar Buick, logo foi parar nas mãos de Willian Durant. A empresa se tornou uma potência e Durant comprou outras marcas e as juntou em um único grupo, o General Motors.

Chevrolet Algumas marcas têm seus mistérios. Segundo diz a lenda, o logotipo em forma de gravata borboleta foi inspirado no desenho do papel de parede de um hotel em Paris onde um dos fundadores da marca, William Durant, teria se hospedado em 1908 e guardado em sua carteira. A empresa foi fundada em parceria com o piloto Louis Chevrolet após o desligamento de Durant da GM.


Fundada por Walter Percy Chrysler em 1924, a marca contava com uma estrela de cinco pontas, formada a partir de um pentágono com cinco triângulos para representar a precisão da engenharia. Em 1928, a Chrysler comprou a Dodge, mas em 1998 passou a fazer parte da empresa alemã DaimlerChrysler. Em 2007 separou-se da Daimler e passou a ser Chrysler LLC. Continua como proprietária das marcas Dodge, Chrysler e Jeep. O logo atual é um escudo com asas.
Citroën

O símbolo da marca francesa conta com duas letras "V" invertidas, que ainda é usado até hoje. O "double chevron" como são conhecidos, fazem referência a engrenagem bi-helicoidal criada pelo engenheiro Andre Citroën, fundador da empresa, que na época da Primeira Guerra Mundial construiu armamentos para a França.



Dodge

Os irmãos John e Horace Dodge decidiram construir um carro em 1900. Começaram com a produção de peças e, em 1914 criaram a fábrica de autmóveis. Em 1928 a Dodge Brothers passou a integrar a Chrysler Corporation. O desenho simboliza o carneiro montês da cidade de Dodge, localizada em Kansas, no oeste norte-americano.

Ferrari

O cavalo negro empinado sobre o fundo amarelo era usado no avião do Conde Francesco Barraca, piloto de caça italiano morto na Primeira Guerra Mundial. A pedido da mãe de Barraca a Condessa Paolina, o comendador Enzo Ferrari passou a adotar o emblema em seus carros a partir de 1923, porém adicionou um fundo amarelo, símbolo de sua terra natal, Modena. Em 1929 fundou a Ferrari e adicionou as iniciais de Scuderia Ferrari. Em 1969 passou a fazer parte do grupo Fiat.



A empresa foi fundada por Giovanni Agnelli em 1899. A sigla significa Fabbrica Italiana Automobili Torino, traduzindo: Fábrica Italiana de Automóveis de Turim




A empresa norte-americana foi fundada em 1903 por Henry Ford e mais onze sócios. Os primeiros modelos da marca eram nomeados segundo o alfabeto da língua inglesa e foram utilizadas as 19 letras iniciais. O símbolo oval com a assinatura de Ford permanece quase inalterado e tem uma utilização regular de mais de 50 anos.



A história da Gurgel Motores se inicia em meados da década de sessenta, quando seu fundador, João Augusto Conrado do Amaral Gurgel, começa a produzir minicarros para crianças e karts. Um dos objetivos principais do projeto não foi atingido, o preço.
Trabalhando com quadro de funcionários reduzido desde o pedido de concordata, a Gurgel, com uma dívida superior a 3 milhões de dólares, vem a falir em 1995. O sonho acabou....


O nome da marca sul-coreana fundada em 1946 significa tempos modernos. Desde 1948 manteve um acordo com a Ford para fabricar os carros americanos destinados apenas ao mercado interno. Somente em 1974 foi elaborado o primeiro automóvel da marca, com toda criação e fabricação desenvolvida pela marca. Em 1998 comprou a Kia Motors.


O nome de fundação em 1922 é SS Cars, de Swallow Sidecar Company. Os responsáveis foram William Lyons e William Walmsley. Apenas em 1945 mudou o nome para Jaguar. Depois de pertencer ao grupo Ford, recentemente a marca foi comprada pela indiana Tata Motors. Jeep Marca norte-americana cuja origem vem da pronúncia, em inglês, da sigla G.P (General Purpose), utilizada para identificar os modelos destinados ao uso geral. O veículo surgiu no final dos anos 30 e início dos 40 como veiculo militar. Quando acabou a Segunda Guerra Mundial a Willys registrou a marca, que hoje pertence ao grupo Chrysler.

Kia

A empresa foi fundada em 1944 e é uma das maiores indústrias da Coréia do Sul. O objetivo inicial era fabricar rodas para bicicletas. Em 1961 lançou um motor para motonetas e em 1970 passou a construir veículos comerciais e um ano depois carro de passeio. Comprou a Asia Motors em 1976, mas em 1999 passou ao controle da Hyundai, outra marca sul-coreana.

Lada

Essa marca pertence a um grupo chamado Autovaz, uma montadora Russa. O nome Lada substituiu o original Zhiguli por ter uma fonética dúbia e confusa. A marca ficou famosa no oeste da Europa com o Lada Riva, um carro econômico e que era vendido em grandes quantidades durante os anos de 1980. No Brasil foi uma das primeiras marcas a chegar após a abertura de mercado em 1990, mas sua permanência por aqui durou apenas seis anos. O modelo mais famoso foi o Niva, que até hoje tem um bom mercado.


A marca dos desportivos italianos é uma homenagem a Ferruccio Lamborghini, o fundador da marca. A companhia surgiu em 1963 como uma filial da sua bem-sucedida fábrica de tratores Lamborghini Trattori, na Bolonha. O touro que aparece no símbolo representa as lutas de touro, pelas quais era Lamborghini fanático. Os carros da marca (Diablo e Murciélago) seguem esse fanatismo e contam com nomes de touros famosos.



Trata-se de uma das mais antigas fabricas de automóveis da Itália. Surgiu no ano de 1906 e os sócios eram Vicenzo Lancia e Claudio Fogolin. Atualmente é uma das empresas do Grupo FIAT. Com pausas na produção para fabricar equipamentos militares, surgiram sucessos como o Lambda e o Aprilia nos momentos de paz. A empresa teve uma presença muito forte também nos campeonatos de rali com o Lancia Stratos – equipado com motor V6 Ferrari e é considerado até hoje como um dos melhores bólidos já construídos para provas de rali - e com o Lancia Delta HF Integrale.





Marca inglesa é também identificada como o primeiro veículo todo-terreno feito para uso civil. O primeiro modelo foi construído pela Rover em 1948 e baseado no projeto dos irmãos Wilks. A Land Rover tem sido controlada por diversas empresas do segmento durante sua trajetória. Começou pela British Leyland, British Aerospace, BMW, Ford e, a partir de março de 2008, pela indiana Tata Motors. A marca é reconhecida mundialmente por ser o carro oficial da rainha da Inglaterra, que sempre desfila com o modelo Range Rover.




O logotipo da marca italiana representa o tridente de Netuno, símbolo da cidade de Bolonha. A fábrica foi fundada em 1919 pelos irmãos Carlo, Bindo, Alfieri, Ettore e Ernesto Maserati.




Criada por Gottlieb Daimler, a estrela de três pontas representa a fábrica de motores para todo tipo de utilização, seja na terra, na água ou no mar.




No símbolo, um diamante de três pontas remete à resistência e preciosidade. Sua origem vem do nome da marca, que em japonês tem mitsu que significa três e bish, diamante.




O nome da marca significa indústria japonesa. A cor do céu e do sucesso na cultura japonesa estão representados na moldura azul da marca. Com o círculo vermelho ao fundo, ambos representam a luz do sol e a sinceridade e remetem ao provérbio sinceridade leva ao sucesso.




O leão estilizado homenageia a cidade de Lion na França e representa a qualidade superior da marca. Utilizado desde 1919 já sofreu sete alterações.






O símbolo da marca alemã homenageia a região de Baden-Württemberg e a da cidade de Stutgartt com dois brasões sobrepostos. A partir de 1949 tornou-se o símbolo oficial da marca. Foi fundada em 1931 por Ferdinand Porsche, o engenheiro que criou o Volkswagen Fusca. Recentemente tornou-se a principal acionista do Grupo Volkswagen, que abrange as marcas Audi, Seat, Skoda, Bentley, Bugatti e Lamborghini.




O losango parecido com um diamante surgiu em 1925. A intenção é remeter a sofisticação e prestígio. A representação gráfica passou por quatro mudanças. O primeiro símbolo, criado em 1898, era duas letras R, uma homenagem aos irmãos Loiuis e Marcel Renault, fundadores da marca francesa.





Os dois "R" do logotipo eram estampados em vermelho. Com a morte de seus dois fundadores, Charles Rolls (1910) e Frederick Royce (1933), as letras passaram a ser grafadas em preto, como sinal de luto. A marca é uma empresa inglesa que tornou-se famosa pela fabricação dos automóveis mais luxuosos do mundo, mas é também um fabricante de motores para aviação.



Uma das marcas sob controle da GM, a sueca Saab começou a fabricar aviões em 1938. O nome vem de Svenska Aeroplan Akteebolaget. A produção de automóveis começou em 1959. O logotipo circular tem um animal mitológico com cabeça de águia e garras de leão, símbolo da vigilância. O azul de fundo é a cor da marinha. O foco principal da Saab ainda é a produção de aviões, principalmente aviões de caça.




Seat


A marca é uma abreviação de Sociedad Española de Automóviles de Turismo. Atualmente é uma das principais fabricantes de automóveis da Espanha. A companhia foi fundada em 1950, por iniciativa do Instituto Nacional de Industria (INI) para incentivar a venda de carros na Espanha do pós-guerra.



O nome correto é Skoda Auto. Trata-se de uma companhia automobilística da República Checa fundada em 1925 e uma das mais antigas deste ramo no mundo. Em 1991 tornou-se subsidiária do Grupo Volkswagen. A fábrica de automóveis surgiu em 1925 como resultado da fusão da Laurin & Klement, fundada em 1895, e da Skoda Pilsen. A primeira já fabricava carros, embora tenha começado a sua atividade com a produção de bicicletas. Depois surgiram as motos de corrida e enfim o primeiro automóvel, o Voiturette A, um grande sucesso de vendas.




Na língua japonesa, Subaru significa o grupo de estrelas Plêiades, que estão representadas no logotipo da marca. Recentemente a Toyota comprou a participação que a GM detinha sobre a Subaru, e criou uma aliança tecnológica em que ambas partilham variados componentes.



A marca japonesa surgiu em 1955 com o lançamento do carro Suzulight, mas antes já se dedicava a fabricação de motos. Entre 1937 e 1939 chegou a ter um projeto para construção em massa de pequenos carros, mas que foi abandonado devido ao eclodir da Segunda Guerra Mundial.




A nome original da família que fundou a marca era Toyoda. Foi alterado posteriormente para facilitar a pronuncia e assim passou a se chamar Toyota. As origens da empresa, em setembro de 1933, remontam à criação de uma área dedicada à produção de automóveis na já existente empresa que fabricava teares automáticos, chamada por Toyoda Automatic Loom. Atualmente é a maior montadora de automóveis no mundo.


A origem da marca data da década de 1930 na Alemanha nazista. O desejo de Adolf Hitler era o de um automóvel barato e que qualquer pessoa pudesse comprá-lo. Dessa vontade surgiu o nome da marca, que em português significa carro do povo. O projeto de construção ficou conhecido no Brasil como "Fusca", em Portugal como "Carocha", na Alemanha como "Käfer" e nos Estados Unidos e Grã-Bretanha, como "Beetle". O engenheiro encarregado de desenvolver o modelo foi Ferdinand Porsche. Mas nem tudo correu bem, a empresa deve a sua existência no pós-guerra a um homem, o major britânico Ivan Hirst, que tocou a fábrica e conseguiu vender carros até aos ingleses.

Lista das Marcas...

A

B

C

D


D (continuação)

E

F

G

H

I

J

K

L

M


M (continuação)

N

O

P

R

S

T

V

W

Š

Postar um comentário
Copyright © 2010 Revista Virtual All rights reserved.
Wp Theme by RaphaelAlves. Blogger Template by Ph